quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Fantasia: Fluminense X Flamengo

O retorno ao ar de Fantasia, no SBT, trouxe à tona uma série de lembranças das tardes desocupadas da adolescência. Lembro das primeiras edições do programa sob o comando de Adriana Collin – hoje, após progredir no plano de carreira, cargos e salários, assistente de palco de Faustão –, Jaqueline Petkovick – apresentadora, cantora, atriz, modelo e dançarina.

Abrilhantaram o palco também mais algumas outras, entre elas a sem-terra de Playboy e Amanda Françozo, que, antes da fama, misturava-se às meninas de biquínis. O programa menina dos olhos de Silvio Santos também foi apresentado por Carla Perez, ex-É O Tchan!, mulher do Xandy, do Harmonia do Samba, e hoje mãe de duas criancinhas lindinhas de morrer. Só sucesso!

Fantasia é uma pérola. Não, Fantasia é um colar. Primeiro porque o programa voltou ao ar na madrugada, quando todo o mundo dorme. Segundo porque, nesta nova versão, o telespectador, para ganhar uns trocadinhos, tem necessariamente de pagar mico. Quando entra no ar, ele tem de gritar: “Eu sou fã do SBT!” E o apresentador Caco ou Hellen retruca: “E eu sou seu fã!” Aí, nesse momento, os familiares, como em caravana, berram todos juntos e comemoram o primeiro passo para a riqueza: a conquista de R$ 100.

E, em se tratando de vexame, uma telespectadora do Estado do Rio de Janeiro arrasou nesta madrugada (19). Após dizer que era “fã do SBT”, ela respondeu ao tal do Caco quer era do Rio. Ele festejou: “Eba, uma fluminense!” Ela enfurecida rebateu: “Flamenguista!” Caco tentou argumentar: “Mas quem nasce no Estado do Rio de Janeiro é fluminense, não é?” Ela intransigente reafirmou: “Mas eu sou flamenguista!”... É ou não é?... É. Ela é flamenguista. É Fantasia no ar!!!

Nenhum comentário: