terça-feira, 30 de outubro de 2007

Aquecimento global

A história do carbono neutro é tão paliativa como peidar e borrifar Bom Ar. Pode até parecer falta de consciência, mas não é: eu quero é que o mundo derrata e, nesta hora, como a Illenia, eu quero à beira-mar tomar uma gelada à espera do próximo tsunami. Sinceridade? Cansei, assim como os enfadados da elite paulistana, do discurso sobre responsabilidade sócio-ambiental. Caso não mudemos completamente nosso modo de vida, o mundo vai, sim, se liquefazer, mesmo, de verdade. Olhemos à nossa volta e deixemos de lado esses discursos patéticos de "abasteça, e plante uma árvore", "use tal detergente, e plante uma árvore", "more aqui, e tenha uma árvore com o nome de sua família”. Vá à merda tudo isso!

Nenhum comentário: